quinta-feira, 19 de junho de 2014

Fotos legais de gente aleatória e vice versa

Caraca, nem parece que tá rolando Copa em São Paulo. No Brasil. Magina, pra "país do futebol", eu achei que os prédios iam estar cobertas de luzinhas, as vitrines seriam tooodas temáticas, manja... Tipo Natal?

Achei que ia ter gringo pra caramba, que ia estar mais fácil escutar outros idiomas por aqui (numa cidade já bem cosmopolita, inclusive.) Porra nenhuma. Vimos uns gringos parecidos com aqueles do filme "Cara, cadê meu carro?" . No Baixo Augusta, já no segundo round do rolê, vimos o Ronaldo Esper - e eu achei que fosse um sósia, porque pra mim era certeza absoluta que o cara tinha morrido. Fiquei teimando um tempão que era um sósia, que o cara tinha morrido, até fiz uma piada com todos os vasos de cemitério que ele devia ter agora...Well, enfim: passei entre onze segundos e vinte e oito minutos tentando convencer aquela galera que o Ronaldo Esper tinha morrido, sim - e já fazia algum tempo!

Tá vendo? Em noite boa assim até defunto sai do túmulo e vem curtir. Ou fica lá, dormindo um tempão embaixo de um sombrero, na porta do botéco, com nego achando engraçado tocar pandeiro na tua orelha. Teve fifi posando pra foto, como se o pudim de tequila fosse ponto turístico da Copa. Pra dar uma idéia do nível, ó, "padrão FIFA". Minha sugestão de legenda:"Brasil  0 x 0 México". O cara nunca mais vai tirar foto com uma gata daquela..!

Engraçado como doidões aleatórios eventualmente ficam famosos em terras muito longínquas, só por serem "figuraças".
 Tipo esse maluco acima. Eu nunca mais o vi na vida, nunca soube o nome do cara, nem por quê diachos ele estava segurando aquele facão. Eu só lembrei daquela doninha maníaca de "Era do Gelo 3".


Ou sei lá, essa outra tia meio pouco elegante que eu fotografei pela rua, de dentro de um carro. Eu acho que sou meio assim, só que mais nova.


Adoro gente estáile que aparece do nada bem na hora que a câmera tá na mão...


O segurança ou socorrista do McDonald's de Tampere nunca soube que essa foto existe...


Ou ^ ESSA FAMÍLIA ^ andando em filinha.
Essa foto em Ilhabela me faz imaginar em quantas situações eu já não devo ter aparecido pagando mico em foto de estranho. Ou, sei lá, só figurando no acaso do cenário. Como esse casal de idosos atravessando a Rio-Santos...

Ou aquele seu pior momento ever, que ainda dá margem pra distorcer a situação...


O peru na ducha é legal, vai..!


Mãe e filho fotografados durante um passeio de buggy em Morro Branco - CE. Nunca nem soube o nome deles. Nunca peguei e-mail pra  mandar a foto. Tirei pra quê?


Minha vizinha catando piolho nos curumim, à época da Amazônia. Às quintas feiras à noite, eu tinha vista privilegiada do culto evangélico bem da janela da minha cozinha. Eu fritava ovos curtindo um exorcismo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário