quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Sexo, tripas e bandanas : isso é Brujeria!

Olha, as fifis que estavam esperando grandes bafões sobre o Brujeria, podem me esquecer como fonte. Afinal de contas, a banda é formada por um monte de chefões do tráfico mexicano, PRA QUÊ eu ia querer me meter a divulgar os podres dessa gente?? 


Imagem: Google

As músicas em espanhol abordam os temas mais miseráveis da raça humana. Satanismo, sexo, tráfico, violência e todos os típos de vícios (incluindo política). Enfim, uma banda super cuti-cuti envolta numa atmosfera do maior alto astral, reforçada pelos berros inglórios que rasgam as infernais performances. Algo no esquema trashdeathgrindcore com as tripas de fora. Algo, tipo assim, um misto de Napalm Death, Carcass, Cradle of Filth, At The Gates, Fear Factory e Dead Kennedys...

A meiguice dessa capa traduz bem o espírito do lendário Brujeria


 O foda é que, como eles não podem ser reconhecidos por serem tão perigosos e coisa e tal, estão sempre cobrindo o rosto para não serem pegos pelo FBI enquanto viajam numa boa em turnê pelo mundo, igualzinho aos foragidos brasileiros.Então, pra groupie é assim, tipo banda Kinder-Ovo: você vai pra porta do hotel e fica esperando os músicos-surpresa saírem da van.


Esse é o frontman, Juan Brujo. Cuidado para não confundir com o tiozinho da faxina.

Mas o destemido The Backstage Diaries assume o risco e revela a identidade do machario, pra facilitar sua vida e constatar: tem coisa que, por mais aterrorizante que soe, ainda é melhor ouvir no escuro.

El Cynico , Podrido, Hongo, Fantasma e Pinche Peach : melhorou agora?




 Aparentemente o único solteiro da banda* é o baixista El Cynico ,que anteriormente havia dito que as groupies que o procuravam eram todas "homens, gordas, ou gente com quem você não quer se deitar.".Podrido, o único que ainda dá pra salvar alguma coisa, se define como um cara "felizmente casado", assim como o descabelado Hongo. Não foram encontradas informações sobre status de relacionamento do tal Fantasma, mas com um nome desses, ele deve ter um fraco por groupies invisíveis. Pinche Peach também é casado. Com uma brasileira ainda por cima. Cara esperto.

*pelo jeito, não mais.

A banda conta também com um integrante do sexo feminino, a vocal Pititis. Dessa também não dá pra ver nem a cara, quanto mais o estado civil. Potenciais interessados(as) vão ter de tirar esse véu pra descobrir.
Isso, se ela não der pití...

Serviço:



Local: Clash Club - São Paulo/SP
Rua Barra Funda, 969 - Barra Funda
Abertura da casa: 18:00hrs
Horário do show: 21:00hrs
- PISTA
Primeiro lote R$60,00 / Segundo lote R$80,00 (meia entrada e promocional)
- CAMAROTE
Primeiro lote R$120,00 / Segundo lote R$160,00 (meia entrada e promocional)
Classificação Etária: 16 anos
Informações: http://www.clashclub.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário