quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

⚠️Esquenta para o BLACKOUSTIC ! ⚠️: "Karjalan Kunnailla"

Esta canção folclórica finlandesa - cujo título se traduz como "Glória Careliana", ou "Honra da Carélia", ou alguma coisa no sentido de louvar a bravura nativa daquela região da Europa setentrional - virou faixa do álbum Blackoustic de Timo Kotipelto e Jani Liimatainen. Mas dificilmente vai aparecer no setlist da turnê Sul Americana.

Porquê estou falando dela aqui, então? Sei lá, porque é interessante. Adoro a voz do Kotipelto, mas vamos combinar que o sotaque dele foi feito pra cantar em sua língua natal. Já conferiu? Fica bonito pra xuxu.


Bem que nessa turnê por aqui ele podia arriscar a cantar algo em português. Já pensou?
"Evidências" versão Blackoustic. Seria bem legal.


quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

⚠️Esquenta para o BLACKOUSTIC ! ⚠️: "The Final Countdown" do Europe

 A canção, lançada em 1986  pelo Europe, foi criada por Joey Tempest para ser uma introdução para os shows , mas acabou virando o single do terceiro álbum de estúdio da banda. Em 2011, foi eleita a segunda pior música dos anos 80, segundo a revista Rolling Stone. Pois é, mais uma daquelas saídas direto do setlist comum que sempre rola toda vez que um metaleiro e um violão se juntam. Então, a dupla dinâmica Kotipelto e Liimatainen trouxe essa pérola pro Blackoustic, também.

E o fato é que todo mundo se esgoela de cantar. E já que o que conta então é a diversão, resolvi postar esse vídeo todo torto e de 2012 por um simples motivo: eu estava nesse show e consigo até localizar minha rebolativa presença na platéia.


Ah, e para registro: o moço que sobe ao palco no final, pouco antes da contagem regressiva descambar pra "Killed By Death", é Antti Railio (Celesty, Raskasta Joulua, e eleito "The Voice of Finland"em 2013).

Será que teremos convidados especiais e gente que viajou muito para curtir os shows no Brasil, também?






quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

⚠️Esquenta para o BLACKOUSTIC ! ⚠️: "Holy Diver" do DIO.


Alguns dos momentos mais divertidos do "Blackoustic" são os "covers" de músicas consagradas pelos headbangers. Aquela seleçãozinha de clássicos essenciais, como "Holy Diver". O hino do tigre de listras limpinhas que o mestre DIO chegou cavalgando em 1983 dificilmente fica de fora das apresentações do duo Kotipelto & Liimatainen.


Minha impressão pessoal ao ouvir algumas das versões acústicas dadas pela dupla à monumentos musicais irretocáveis assim, é que não são releituras que buscam em momento algum superar  a obra original, ou criar uma nova interpretação para estas referências. Estão no setlist apenas para deleite do público, que canta junto, como em todas as rodas de amigos e violão em que essas canções aparecem.




Já conhecem outros clássicos revisitados pela dupla? Qual o seu preferido? Quais será que eles trarão para essa turnê no Brasil? 

#AnsiedadeDefine







sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

⚠️Esquenta para o BLACKOUSTIC ! ⚠️: "The Trooper" da Iron Maiden

 A versão original, lançada pelo Iron Maiden em 1983 é um dos mais icônicos hinos do heavy metal.
A releitura dada por Kotipelto e Liimatainen também é uma das mais executadas nos setlists do show Blackoustic, mas não faz parte do álbum lançado pela dupla em 2012.

Em uma das performances ao vivo na Finlândia em 2014, ela saiu assim:


Quem aí quer ouvir essa versão ao vivo?🙋😍


quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

⚠️Esquenta para o BLACKOUSTIC ! ⚠️: "Speed of Light" do Stratovarius.


O álbum Episode (1996) consagrou o vocalista Timo Kotipelto como ícone do power metal finlandês, a frente do Stratovarius.

"Speed of Light" se destaca como uma das faixas favoritas (embora seja difícil eleger distinção entre as partes de uma obra prima),e ao contrário da pressa que o título inspira, só teve a ganhar com essa transformação em uma balada emocional e sombria.


SEN SA CIO NAL, falaí. 😍😍 Essa eu queria muito no setlist.😍😍



sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

⚠️Esquenta para o BLACKOUSTIC ! ⚠️: "My Selene" da Sonata Arctica

Conformem-se, fãs: esta será provavelmente a única música da Sonata Arctica que vocês irão ouvir no repertório. A sétima faixa de "Reckoning Night" (2004) nunca foi executada ao vivo em sua versão original,  mas o cover acústico faz parte do álbum lançado por Kotipelto e Liimatainen, e é uma das performances mais aplaudidas nos shows da turnê Blackoustic. Olha que delícia!


É bem provável que nós aqui no Brasil também teremos a oportunidade de conferir  essa fofa versão, executada por seu compositor Jani Liimatainen, e interpretada por Timo Kotipelto, cuja voz caiu muito bem na canção.

Mal posso esperar pra cantar junto!